"Comecei muito jovem a minha vida profissional. Aos 16 anos de idade, já pensava em ter minha independência financeira.

Minha família não aceitava a profissão que escolhi por causa do preconceito que havia contra os corretores de imóveis, que eram considerados de idoneidade duvidosas - quase marginais. Quis provar o contrário e insisti como corretor, já que é um trabalho dinâmico onde eu podia exercitar um dom que sempre tive: o de lidar com pessoas e vendas. Já no Colégio Interno eu exercia este meu dom vendendo coisas para meus colegas.

As minhas primeiras vendas imobiliárias foram loteamentos na cidade de Nova Iguaçu, tendo eu chefiado corretores agenciados por mim. Dos 16 aos 18 anos, já havia vendido três destes grandes loteamentos, entre eles o “Jardim Natal” e o “Cidade Marajoara”.

Logo após a venda destes, abri o meu primeiro escritório de corretagem, na rua do Carmo, n.º 38. Comecei a vender muitos imóveis avulsos, e, a partir daí, com a experiência adquirida, me inscrevi na Companhia Recreio dos Bandeirantes, como o único corretor autônomo a vender lotes naquela localidade. Para isso, instalei um stand de vendas num barracão de madeira no Pontal do Recreio (foto).

As vendas foram um sucesso! Estava iniciado o desenvolvimento acelerado da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes - hoje os bairros em maior ritmo de desenvolvimento na cidade do Rio de Janeiro, onde recentemente inauguramos uma Filial da empresa. É notório que a Zona Sul vem se expandindo em direção à Barra, que já não é mais considerada parte da Zona Oeste, e sim apêndice da Zona Sul.

Ainda na Rua do Carmo, aos meus 25 anos, tal era o número de empreendimentos a mim entregues para vender que fui obrigado a criar equipes de corretores. Estava criada a SERGIO CASTRO IMÓVEIS LTDA. Lancei a venda, em 5 anos, de 54 edifícios e milhares de imóveis avulsos distribuídos pelas zonas Sul e Norte, num total aproximado de 10.000 unidades vendidas.

Em meados de 1965, adquiri os escritórios da atual matriz da Sergio Castro na Rua da Assembléia, n.º 40 - 6o, 11o, 12o, 13o e cobertura, e logo após seis filiais: Copacabana, Tijuca, Pedra de Guaratiba, Lagoa, Barra da Tijuca e Cabo Frio. De todas, a mais conhecida pelo grande público era a da Lagoa, uma casa de minha propriedade, que foi o maior centro imobiliário de venda de casas no Rio de Janeiro.

Dado o número de clientes que conosco adquiriram imóveis, fui obrigado a criar o nosso Departamento de Administração, até hoje atuante, chegando a ter 4.000 imóveis avulsos em administração, nunca tendo administrado condomínios. Com este grande número de administrações, tivemos de criar o nosso Departamento Jurídico, no intuito de atender as necessidades crescentes de nossa clientela.

Como todas as firmas modernas e em crescimento, no início da década de 80 nos vimos obrigados a informatizar a empresa, conseqüentemente aumentando a qualificação de nossos funcionários, ficando apenas com os melhores e mais bem treinados, para melhor atender aos anseios dos nossos clientes. Hoje, todavia, a Sérgio Castro é uma família de mais de 120 funcionários e corretores bem-treinados e habilitados a prestar os mais eficientes serviços imobiliários da Cidade.

A Missão da empresa é prestar serviços imobiliários com a franqueza, transparência e austeridade que sempre foram características minhas. Como somos proprietários de muitos imóveis, tratamos dos imóveis de nossos clientes como se fossem, também, nossos. É justamente este o diferencial da firma Sérgio Castro: nenhum profissional da firma é "vaca de presépio", pois acreditamos que o caminho para a excelência é justamente apresentar os problemas ao cliente com naturalidade e transparência.

Nestes 57 anos de profissão imobiliária, tive inúmeros clientes que se tornaram amigos. Entre eles, os irmãos Ricardo e Roberto Marinho, almirantes Maximiano da Fonseca e Arnaldo Leite Pereira, ministro Edson Mey, os saudosos Tom Jobim e Carlos Imperial, Walter Avancini, Bibi Ferreira, senadores Benjamin Farah e Darcy Ribeiro sem falar no presidente Juscelino Kubitschek... Foram tantas as amizades conquistadas ao longo desses anos!


Estive há pouco tempo estudando, em visita a outros países e juntamente com empresas e corretores estrangeiros, o mercado imobiliário de países do primeiro mundo. Posso garantir que nenhum deles se compara ao mercado nacional - em franca expansão - em especial o da cidade do Rio de Janeiro, que por estar entre as montanhas e o mar, não tem mais para onde se expandir, trazendo assim grande valorização para os imóveis nela localizados.

No próximo triênio, o mercado imobiliário deverá sofrer um grande impulso devido à pouca rentabilidade das demais aplicações financeiras e à constante valorização dos imóveis, principalmente comerciais. Em decorrência da estabilidade monetária, ficou a renda locatícia superior à rentabilidade das cadernetas de poupança - isso somado à garantia trazida pela PROPRIEDADE e pelos ALTOS VALORES dos imóveis. Para tanto, estamos expandindo cada vez mais nossa empresa, buscando prestar cada vez melhores serviços nas áreas de venda e administração de imóveis, razão pela qual nos últimos 12 meses praticamente dobramos nossa equipe de funcionários.

Finalizando, quero agradecer a Deus, a meus colegas corretores e a todos os funcionários, corretores, clientes e amigos que, ao longo desses anos me prestigiaram e contribuíram para que eu chegasse, como poucos, ao topo da pirâmide nesta profissão que escolhi"

Com o meu muito obrigado,

SERGIO CASTRO
FUNDADOR DA SERGIO CASTRO IMÓVEIS
(1932-2012)

Sobre o Presidente.

Sergio Castro nasceu no dia 8 de Agosto de 1932, tendo estudado no colégio inglês Aldridge, no Internato São José e no jesuíta Santo Inácio, onde terminou o segundo grau. Serviu voluntariamente no CPOR (cavalaria), aos 18 anos, e formou-se advogado pela Faculdade Cândido Mendes, fazendo parte do primeiro grupo de formandos daquela (OAB 10.131).

Seu pai, Dr. Álvaro de Castro, era professor catedrático da Faculdade Nacional de Medicina e também formado em Direito e Farmácia. Sua mãe, Dona Lygia Richard de Castro, era filha do grande empreendedor Antônio Eugênio Richard, o engenheiro Richard, presidente da Companhia Brasileira de Imóveis e Construções e fundador do Banco Hypothecario do Brazil, cujo nome leva a avenida principal do bairro que idealizou e construiu, o Grajaú. Outras obras suas são a estrada Rio-Petrópolis e a construção de grande parte da Ilha do Governador.

Quando o Rio de Janeiro ainda era a capital do Brasil, fundou o C.R.E.C.I. 1a. Região (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis), tendo recebido então o nº 22 de registro daquela instituição - foi por décadas seu vice-presidente. Foi também membro atuante do SINDIMÓVEIS (Sindicato dos Corretores de Imóveis), desde que a este se filiou, aos 24 anos. Durante 7 anos, escreveu a coluna "Nos Bastidores da Locação", no jornal O Globo, publicada às quartas-feiras, onde tirava dúvidas dos leitores relacionadas ao mercado imobiliário. Foi o primeiro corretor-colunista do Brasil!

Seus hobbies preferidos foram a pescaria, a caça e o rádio-amadorismo (seu prefixo é PY1-SC). Foi também atirador, sendo detentor de mais de uma centena de medalhas. Sócio de vários clubes, entre eles o Jockey Clube Brasileiro e o tradicional Clube dos Marimbás, além de ter sido conselheiro e vice-presidente, por muitos anos, do Iate Clube do Rio de Janeiro, seu clube preferido.

Em vida, recebeu várias medalhas de mérito militar, por serviços prestados ao país e às forças armadas, das quais foi admirador e entusiasta.

Foi também fazendeiro na cidade de São José Do Vale Do Rio Preto, antigo distrito de Petrópolis. Era proprietário da fazenda Sant`Ana Da Jaguara, onde criava animais, tendo sido grande produtor de aves para abate e ovos.

Grande apaixonado pelo Centro do Rio, foi um dos grandes responsáveis pela sua revitalização nos anos 90 e 2000.

O Dr. Sergio Castro faleceu em novembro de 2012, aos 80 anos de idade, tendo sido homenageado por todo o mercado imobiliário carioca, e pelo Jornal O GLOBO.

Seus dois filhos, Claudio André e Sergio Claudio, dirigem a Sergio Castro Imóveis desde 2010.

MATRIZ:
Rua da Assembléia, 40, 11°, 12° e 13° andares
Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20011-000
(Junto ao Terminal Garagem Menezes Côrtes)
Telefones:
PABX: (0xx21) 2272-4422
Depto. Locações (0xx21) 2272-4422
Depto. Vendas (0xx21) 2272-4400 / 2224-5830
Fax 24hs: (0xx21) 2509-0910
FILIAL BARRA DA TIJUCA:
Av. das Américas, 4200 – Bl. IV – Grupo 401
Centro Empresarial do Barra Shopping
Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
( Estacionamento Privativo )
Telefones:
PABX: (0xx21) 3385-4949
IMÓVEIS INDUSTRIAIS:
Rua Sacadura Cabral, nº 301 - Loja e Sobreloja
Gamboa - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20221-160
(Estacionamento Privativo)
Telefones:
PABX:  (0xx21) 2292-0080
Outros:(0xx21) 2510-6134
           (0xx21) 2510-6008
           (0xx21) 2253-1684
           (0xx21) 2283-6103

Página Inicial | Empresa | Avaliação | Compra e Venda | Locação | Administração | Classificados | Advocacia | Informativo